SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO.

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO.

A segurança da informação normalmente é uma responsabilidade atribuída à equipe de tecnologia, o que com certeza pode causar problemas a uma organização.

Claro que a equipe de tecnologia tem sua parcela de responsabilidade e deve atuar provendo diversas formas de controle: segurança de redes, acessos por biometria, firewalls, internet, VPN, GDPR, tudo isso precisa estar protegido.

Mas a segurança da informação vai muito além da TI.

Primeiro vamos conceituar: quando falamos em segurança da informação não estamos falando apenas de sistemas web, redes e servidores, estamos falando da marca da empresa, de estratégia corporativa, de posicionamento de mercado.

Antes de solicitar um projeto de segurança da informação ao seu time técnico, responda as perguntas abaixo:

O que é informação para você?

O que vale a pena ser protegido na sua empresa?

Quais riscos sua empresa corre sem uma política de segurança da informação?

Quais as contramedidas em caso de desgaste da marca por uma falha de conduta?

Estas são perguntas que sua equipe de tecnologia pode não saber responder.  Segurança da informação deve ser discutida, antes de tudo, entre os altos executivos.

É preciso criar políticas e contramedidas para diversos tipos de falhas, desde uma invasão a um servidor até um problema envolvendo o nome da empresa, tudo isso faz parte da segurança da informação.

Tenha em mente que projetos de segurança não são baratos e sempre geram valor intangível, assim como o seguro do carro: só sentimos falta quando precisamos dele, e, se por a caso optamos por não fazê-lo, qualquer pequena ocorrência tem potencial para tornar-se uma imensa dor de cabeça.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *